Crónicas de uma Jovem Atrapalhada | A importância de gostarmos de nós e sermos nós próprios...

Como referi aqui, tenho saudades de quando ser blogger era uma parte constante do meu dia a dia e publicava posts novos diariamente, às vezes várias vezes por dia, e a maior parte deles era com desabafos, ideias, pontos de vista...

Uma coisa que me ajudava a fazer isso, além dos acontecimentos do dia-a-dia, era comentar os blogs de que gosto e de amigas e ao comentar/debater criam-se assuntos interessantes e boas ideias...

Vou o que aconteceu ainda agora, no blog da Sara Rocha, relativamente à importância de gostarmos de nós mesmas...
E quero agora debater precisamente esse assunto convosco e partilhar a minha experiência e ponto de vista... Ainda mais que sai de uma relação tóxica, e sair dela e ficar solteira, já o sou há um ano, foi o melhor que me podia ter acontecido... E voltar a gostar de mim e reconquistar a minha independência, também.

A maior parte da minha vida sempre fui independente, fria, não aprecio lamechices e estou sempre na "minha". No entanto já vivi precisamente o que eu antes criticava ferozmente, que é sermos doentiamente dependentes de alguém, dependentes sentimentalmente, nos habituamos a uma pessoa de tal forma que até nos esquecemos de quem somos...
E tive muita gente a pressionar-me e até implorar-me para sair daquela relação, e a dizerem-me que já nem me conheciam... E de facto nem eu me conhecia e já não era eu, e quando vi ao estado em que tinha chegado cheguei mesmo a ter aversão da minha própria pessoa... O que fiz, as formas como me humilhei, ter chegado a um ponto em que já não vivia, limitava-me a existir, a respirar... Cheguei a admitir violência física e psicológica, traições e tudo de mau que possam imaginar que um homem faz a uma mulher...
E muita gente me disse que de todas as mulheres do mundo, nunca imaginariam que logo eu me tornaria assim... E com isso cheguei a estar chateada e sem contacto com toda a minha família e perdi bons amigos...

Infelizmente existe tanta, mas tanta gente que se agarram a outras que gostam delas, para se sentirem amadas, em vez de gostarem delas por serem elas próprias... E depois quando as outras pessoas a quem elas se apoiam falham... não sobra nada...
Aprendi muito bem a importância de gostar de mim, viver bem sozinha, sentir-me bem comigo própria, e as outras pessoas que se vão cruzando no meu caminho ou fazendo parte da minha vida (e saindo) são apenas complementos, e não um todo da minha existência...
Temos de ser o nosso próprio pilar e não nos deixarmos viver amparadas por ninguém!

E acreditem, não existe ninguém que mereça que nos monopolizemos e deixemos de nos dar com amigos e família. Temos de ser o nosso próprio pilar central, mas temos de estimar os amigos e família para serem os outros pilares e nos completarem... Caso contrário, se se apoiarem num pilar duvidoso em vez de se apoiarem em vós próprias, garanto-vos de que a vossa "construção" vai toda abaixo.... E isto serve para namoros, casamentos, filhos, amigos, etc, etc etc, seja que tipo de compromisso destrutivo e obsessivo for!!!

Como dizia aquele anúncio:
"Afinal, se não gostar de mim.... quem gostará?"
E acreditem... é verdade!!

Outra verdade verdadeira é: "Mais vale só que mal acompanhada!!"

5 comentários:

  1. Não poderia estar mais de acordo! Sem amor próprio não pode existir amor pelo próximo.
    Fico muito feliz por saber o que passaste e a forma como deste a volta por cima e aprendeste a lição. ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, e acho que tu podes ver bem as diferenças do antes e depois, não?

      Eliminar
    2. Sim, nota-se bem o quanto estás mais leve e, apesar dos problemas que ainda tens, menos triste.

      Eliminar
    3. Bem mais leve, em muitos sentidos. Como por exemplo estar com menos quilos e menos inchada, por ter aprendido a cuidar de mim =P

      Eliminar

✎ Todos os comentários são muito importantes, são o que dão vida a este blog. Obrigada por comentar e assim fazer parte deste espaço! ❤

❥ Para receber a minha resposta, clique ✔ em Notificar-me ☑